Centenas de igrejas usando 'os novos' Dez Mandamentos reescritos por pastor popular do Reino Unido


A série "Just10".Um pregador popular e evangelista do Reino Unido introduziu uma série de ensinamentos em DVD para cristãos que procuram uma melhor compreensão dos Dez Mandamentos. A série está supostamente sendo usada por 600 igrejas que se encontraram nesta tomada moderna das leis, de um "Deus mais light". No entanto, alguns têm expressado preocupação de que a "adulteração" com as Escrituras pode estar excluindo a Palavra de Deus.
 A série "Just10 para as Igrejas" apresenta uma renovada e moderna reformulação dos Dez Mandamentos da Bíblia, que foram dadas por Deus a Moisés. Aos códigos morais, que incluem uma lista de "nãos", foi dado um toque de modernidade por Canon J.John, um orador cristão que é autor de dezenas de livros, alguns fazendo das dez leis encontradas em Êxodo 20, leis mais razoáveis aos crentes.
 O decálogo do "Não furtarás" é agora "prosperar com a consciência limpa", enquanto "Não adulterarás" foi alterado para "provar questões de seus relacionamentos." Quanto a "Não tomarás o nome do Senhor teu Deus", J.John interpretou que isso significa "tomar Deus a sério." Onde Deus instrui no mandamento "Honra teu pai e tua mãe", a série "Just10" apresenta-o como "manter a paz com seus pais."

De acordo com a descrição do produto, a série "Just10" foi "criado especialmente com as igrejas locais em mente, para equipar líderes para comunicar a relevância das leis de Deus de amor, de uma forma que as pessoas possam se relacionar melhor hoje em dia."

"Esses princípios fundamentais são projetados para equipar e guiar-nos através da vida, mantendo-nos no caminho certo, e nos ajudar a navegar através dos tempos difíceis", diz J.John dos Dez Mandamentos em seu website Ministério Philo Trust.

Destaque em um relatório pelo Telegraph, a renovação "Just10" dos Dez Mandamentos é dito ter sido inspirado pelas revoltas de 2011 na Inglaterra, que deixou pelo menos três mortos, dezenas de empresas danificadas, e centenas de jovens em conflito com a lei.

A série já teria sido um sucesso no Reino Unido e em igrejas ao redor do mundo, como a série "Just10" está sendo "elogiado por líderes religiosos para a interposição de conselhos práticos para congregações modernas", segundo o Telegraph.

"É basicamente uma forma de apresentar os Dez Mandamentos para ajudar as pessoas a se conectarem com eles de uma forma positiva", disse o Rev. Paul Roberts, O mesmo disse à publicação britânica. "Ao invés de apenas vê-los como uma lista de coisas que você não deve fazer, esta nova interpretação se destina a ajudar as pessoas a viver como Deus planejou para o nosso bem."

Roberts, que usa a série "Just10" em sua própria igreja, acrescentou: "Ao contrário dos prós e contras, a maioria das pessoas param para pensar quando questionados sobre as instruções do fabricante, a mensagem se destina a ser um desafio e um incentivo."

Outro ministro, Wayne Dulson, disse ao Telegraph que a série "Just10" tem ajudado as pessoas a se envolverem com os mandamentos "de um modo novo e reciclado."

"As pessoas ficam me dizendo como 'Just10' os fez pensar muito mais sobre como eles vivem suas vidas e também o quanto eles aprenderam sobre os mandamentos, como eles descobriram coisas que nunca haviam conhecido antes", disse Dulson.

A série de J. John até conseguiu a aprovação da Igreja da Inglaterra, cujo porta-voz disse ao Telegraph: "O Livro de Oração Comum é muito claro onde diz que a fé precisa ser ensinada de novo em cada geração"

Nem todo mundo é fã da maneira moderna de assumir os Dez Mandamentos, no entanto, como alguns dos seguidores de J. John no Facebook insistem, a Bíblia é clara sobre "tirando ou acrescentando à palavra de Deus", como o visitante Nigel Williams escreveu. "Eu já compartilhei o Evangelho com não sei quantas pessoas nas ruas do Reino Unido, usando os Dez Mandamentos e nunca tive de simplificá-los", escreveu Williams. "Por que você precisa fazer [isso] agora (re-inventar a roda, por assim dizer), quando a palavra de Deus é tão relevante agora como sempre foi ao longo da história?"

Outro usuário chamado Tim H. Coad respondeu a Williams, insistindo que "Just10" realmente não deve "simplificar" os Dez Mandamentos, mas mostra que o que foi dado a Moisés há muito tempo, são tão relevantes para os crentes do século 21.

"O evangelho nunca muda, nós é que mudamos a maneira de apresentá-los", escreveu Coad.

Williams insistiu, finalmente, escrevendo: "Espero que o curso não se detenha sobre gerar mais moralismo, mas sim que mostre o quantro nós dependemos de Jesus tão somente e que, até mesmo os nossos melhores trabalhos de justiças, são como trapos de imundícia."

J. John, que já teria falado em 54 países em seis continentes, é o fundador do Ministério Philo Trust. O pastor evangélico disse que seu trabalho é mostrar que o cristianismo não é apenas "razoável, mas relevante e de importância vital."


Nota: Mais uma vez o homem mudando o que Deus fez e satanás iludindo com uma maneira mais "fácil" de compreender os mandamentos de Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livros de Ellen White em PDF - Download

Colossenses 2:13-14 - Explicação