O Novo Amigo de Albert



– Lá vem o velho judeu outra vez! – gritou 
alguém. Em pouco tempo, boa parte dos meninos de Gunsbach, Alemanha, estava correndo ao lado da carroça do velho. Gritavam e caçoavam. Entre eles, encontrava-se Albert Schweitzer, o filho do pregador.

Ele observou como os meninos puxavam uma parte da manga de suas camisas pela abertura do punho, até que ficasse parecida com orelha de porco. Ele também fez uma orelha de porco com a manga da sua camisa e ria junto com os outros.

O velho judeu não disse nada, mas virou-se e sorriu para eles – um sorriso paciente e calmo.

Albert contemplou o rosto sardento do velhinho. Olhou dentro de seus olhos. Viu constrangimento e talvez um pouco de tristeza. O homem percebeu o olhar de Albert e sorriu de novo.

Aquele sorriso foi demais para Albert. Desmanchou sua orelha de porco e ficou para trás. “Ele é um bom velhinho”, pensou Albert. “Ferimos os sentimentos dele com nossa zombaria. Nunca mais vou fazer isso, não importa o que meus amigos digam.”

Outro dia, quando o velho judeu entrou de novo na aldeia, com sua carrocinha, Albert o viu primeiro e correu na frente dos meninos para saudá-lo com um sorriso e um aceno de mão. Caminhou ao lado da carroça e conversou com o homem como se fossem velhos amigos, contando-lhe as novidades da aldeia.

O idoso judeu ficou aliviado por ter pelo menos um amigo em Gunsbach, quando vinha a negócios. Aguardava com expectativa seu encontro com o jovem amigo. Sabia que podia sempre contar com o tratamento respeitoso de Albert.

Albert Schweitzer nunca se esqueceu do sorriso do velhinho e da mágoa que tinha visto nos olhos dele quando os meninos o ridicularizaram. Albert prometeu a si mesmo que nunca mais feriria os sentimentos de alguém com zombarias. Descobrira que era muito melhor tornar as pessoas felizes, tratando-as com bondade e respeito.


Escolhendo Amigos

Visite uma pessoa idosa em seu bairro. Peça-lhe que conte acerca de sua infância e juventude. Você pode ter encontrado um novo amigo!(Inspiração Juvenil)



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livros de Ellen White em PDF - Download

Colossenses 2:13-14 - Explicação