Quem é Rob Bell? Cuidado com suas idéias!


Pastor Rob Bell arrasta multidões e diz que cristianismo passa atualmente por uma revolução. No entanto, as idéias de Rob Bell sobre salvação, céu, milagres, homossexualismo e criação são contrárias à Bíblia.

Rob Bell
O pastor Rob Bell, fundador da igreja Mars Hill e autor do livro O Amor Vence, afirmou numa entrevista que acredita “que está havendo uma mudança radical no cristianismo” no sentido de que o propósito da comunidade cristã seja levar o amor de Deus pregado por Jesus, e não o julgamento.

Rob Bell é o personagem das Páginas Amarelas da revista Veja desta semana, e na entrevista, abordou o tema Céu versus Inferno, presente nas discussões sobre seu livro, O Amor Vence.

-Acredito em céu e inferno como dimensões da nossa existência aqui e agora. E acredito que céu e inferno são realidades que se estendem para a dimensão para a qual vamos ao morrer, mas aí já entramos no campo da pura especulação. Acho que o problema de muitas igrejas é que elas falam com extrema autoridade sobre aquilo que todos nós, elas inclusive, desconhecemos. Vamos pelo menos ser honestos. Ninguém sabe o que acontece quando morremos. Não tem fotografia, não tem vídeo – declarou Bell.

Atualmente, Rob Bell está afastado da liderança da Mars Hill para tocar projetos pessoais, entre eles, o desenvolvimento de um programa de TV junto com o produtor da série Lost. Bell tem percorrido os Estados Unidos pregando o Evangelho com ênfase na mensagem de que a Igreja precisa atuar aqui e agora, para tornar a vida das pessoas um pouco melhor.

Segundo suas declarações à Veja, o pastor acredita que esteja ocorrendo no cristianismo “algo equivalente a uma nova reforma” e relata confissões de líderes cristãos em países como Irlanda do Norte, África do Sul, Nova Zelândia, Bahamas, entre outros, que tem se perguntado a respeito do propósito da mensagem de Cristo em relação ao presente.

-O movimento de Jesus se perdeu em algumas categorias-chave. Para muitas pessoas, a palavra salvação significa que Jesus virá nos salvar, que Jesus vai nos tirar daqui quando morrermos. Ou seja: é sempre sobre como ir para outro lugar em outro tempo. A palavra salvação precisa ser entendida num contexto holístico. A razão de tantos ocidentais fazerem ioga está no fato de que ioga quer dizer integração. Somos seres integrados. Acho que estamos na linha de frente de algo massivo, que vai mudar tudo – disse o pastor.

A justificativa de Bell para afirmar que vem por aí uma revolução no cristianismo está no que, segundo ele, é o registro de dificuldades por parte de líderes cristãos para conseguir aceitação da mensagem por parte dos fiéis: “É impressionante o número de líderes religiosos que estão percebendo a dificuldade das pessoas em se identificar com a pregação atual. A mensagem não está chegando ao coração das pessoas”, contextualiza.

Sobre as críticas que sofre por pregar a desconstrução do conceito de céu e inferno, Bell é enfático em afirmar que as opiniões contrárias parte de quem não quer se indispor falando sobre os problemas mais imediatos: “Precisamos entender que temos verdadeiros infernos na Terra neste exato momento. Há gente faminta, gente sem acesso a água potável. A Terra está cheia de sofrimento humano. Creio que não é por acaso que as pessoas mais interessadas em discutir o inferno depois da morte são as menos interessadas em discutir o inferno sobre a Terra. E vice-versa”.

Sobre aborto e união civil de pessoas do mesmo sexo, Rob Bell afirmou ser contrário à primeira e favorável ao segundo tema: “Acho que a legalização do casamento gay é só uma questão de tempo”.

Leia aqui a entrevista completa de Rob Bell para a Veja


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livros de Ellen White em PDF - Download

Colossenses 2:13-14 - Explicação