A decadência moral e espiritual da juventude sob a óptica de um jovem


     
    Lendo O Livro Amargo de Dênis Cruz,eu pude perceber que grande queda moral a nossa sociedade teve.O livro,de ficção histórica,que conta como foi o grande desapontamento de 1844,narra a história de Jerryl, um jovem que apaixona-se por Allice  e que até para conversar com a jovem precisava da autorização do pai da moça.Acredito que este seja um bom exemplo de como o mundo atual está cada vez mais longe dos padrões estabelecidos por Deus.
  Estudei com um jovem acólito(coroinha) e nós sempre conversávamos sobre religião.Ele defendia a doutrina e tradição católica como sendo verdade absoluta,enquanto que eu defendia a posição bíblica sobre o assunto.Mas,aquele jovem só conhecia de tradição,não tinha argumentos fundamentados na Palavra de Deus.Embora fosse um bom rapaz,tinha algumas atitudes que não condiziam com o título que tinha,principalmente porque aquele jovem tinha o desejo de ser padre.Em seu aparelho celular,separava as músicas em três partes: católica,protestante e do mundo.Mundo! aquele jovem sabia que aquilo que estava escutando não era adequado.
          Mudei-me para o interior do estado e lá na nova escola algo também me chamou atenção: um jovem que não era evangélico,defendia que a música gospel deveria ser diferente das demais e que a letra não santifica o ritmo.Ao ouvir isso,dois professos crentes tomaram oposição e defenderam os louvores e hinos "mundanos",sob o argumento de que "todo ser que respire louve ao Senhor".Vi naquele momento dois crentes influenciados e defendendo o mundo,e um jovem,que tem uma vida normal para os padrões da sociedade, tendo discernimento do certo e do errado.
Lembro-me de 1 João 2:13 onde é dito: "Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno. " e penso: será mesmo que os jovens têm vencido o maligno?Será que não estamos presenciando jovens cada vez mais vencidos?Se você é jovem,vale a pena refletir.


"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." 1 João 2:15-17

Comentários

  1. Se as pessoas parassem para refletir descobririam e fariamum mundo melhor um mundo onde está embuído a ramificação MAIOR QUE DÁ ORIGEM A FELICIDADE A PAZ O AMOR DESEJADO POR TODOS mesmo por aqueles que creem que a FELICIDADE ESTÁ TOTALMENTE CONTIDA EM BENS MATERIAS.MARA ACHÊ

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que ofendam a fé cristã,com palavrões,ofensas ou que façam ataques pessoais não serão publicados.

Postagens mais visitadas deste blog

Livros de Ellen White em PDF - Download

Colossenses 2:13-14 - Explicação